Mães chefe de família!

Nós trouxemos para você mulher, mãe, vovó e dona de casa, um post rico de informações que esperamos ajudar no seu dia a dia!

O trabalho de dona de casa é muito importante, desempenhá-lo envolve muitas tarefas e requer algumas habilidades. É necessário, por exemplo, possuir uma boa noção de organização para conseguir distribuir o tempo e atender todos os compromissos. Mesmo assim, a mulher moderna continua a acumular atividades. Para algumas, há muito tempo, ser dona de casa já não é o bastante. Além dessa função, elas também têm buscado ter o próprio negócio, que costuma ser administrado na própria residência (salgadeiras, confeiteiras, boleiras, consultoras, entre muitas outras).

Ser administradora do próprio negócio e cuidar da família são responsabilidades que apresentam vários desafios e esses na maioria das vezes devem ser solucionados com presteza. Para isso, é bom dispor de alguns conhecimentos.

Gerenciamento do tempo

Com tanto trabalho a ser realizado é preciso saber usar o tempo sabiamente. Na organização de suas tarefas, tanto o lado pessoal quanto o profissional devem ser atendidos. O segredo para um aproveitamento eficiente do tempo disponível é o planejamento. nunca haverá tempo suficiente para tudo, devemos nos servir daquele que já existe.

Nesse caso, é necessário programar-se. “O princípio básico da programação é organizar e executar de acordo com as prioridades”, afirma o especialista. Sendo assim, além da agenda diária, é bom adotar também uma planilha semanal. É uma sugestão para ajudar a prever entraves e projetar soluções imediatas.

Outra medida prática é delegar, ou seja, dividir as atividades com outras pessoas. Essa prática exigirá que você tenha confiança nos seus ajudantes. Em uma família, por exemplo, você pode distribuir tarefas entre os componentes. exercer uma delegação eficaz exige alguns cuidados, como investir numa comunicação clara e precisa; verificar quais são as tarefas de sua exclusiva responsabilidade e que de fato dependem de você; não subestimar nem superestimar os companheiros de equipe; e aprender a conviver com resultados diferentes para o mesmo trabalho.

Finanças na família

dona de casa tem um participação fundamental no que diz respeito ao uso dos recursos financeiros. Ela está sempre bem informada sobre os melhores preços e ofertas das mercadorias, além de conhecer os estabelecimentos mais indicados para consegui-los.

Nas compras em supermercados, é necessário seguir algumas regras básicas. Algumas delas são: fazer uma lista contendo o que realmente precisa ser comprado; evitar levar as crianças, assim elas não serão expostas aos produtos que você ainda não pode adquirir e não sentirão vontade de levá-los; comparar sempre o preço da embalagem com aqueles que são lançados no caixa e ao chegar em casa conferir os produtos, ver se não está faltando algum.

Você também pode melhorar a administração do dinheiro da família, nas despesas com as tarifas bancárias, os juros, as multas contribuições (CPMF), anuidades de cartão de crédito, entre outras. Elas devem ser acompanhadas, contabilizadas, planejadas e controladas para que não afetem negativamente o orçamento.

Uma forma de alcançar esse objetivo é procurar o banco com o qual você opera e se informar quais os custos financeiros.

Opções de negócios em casa

A fim de satisfazer o talento de muitas donas de casa para exercer o papel de empresária, há alguns negócios que podem ser exercidos em casa. Produzir salgados para festas por exemplo é uma opção lucrativa. Você pode ser o fornecedor para bares, restaurantes, padarias, lanchonetes e eventos.

Você precisará por exemplo calcular corretamente a quantidade e o preço do produto, e dispor de equipamentos específicos. Alguns desses utensílios são o termômetro a lazer e o boleador.

Outra alternativa interessante é a produção de bolos, que já é parte da rotina da maioria das donas de casa. Por meio da capacitação é possível se aperfeiçoar e aprender novas técnicas no preparo de bolos. Alguns meios de comercializar esse produto são a venda porta a porta, em eventos e em feiras.

Uma outra forma de obter renda que nunca sai de moda é a fabricação de chocolates. O chocolate artesanal pode ser vendido de vários modos: com embalagens sofisticadas; sob encomenda ou visando atender épocas específicas do ano, como a Páscoa, o Dia das Mães, o Dia dos Namorados, Natal, entre outras festividades.

“A maioria dos chocolateiros vem adotando uma política realista de mercado, privilegiando qualidade, preço, reduzindo margens, visando sempre ampliar o número de consumidores”.

Visite a nossa loja e conheça os produtos incríveis que separamos para você, CLIQUE AQUI.